Seja Bem Vindo(a)!

"Nomes são o ativo mais importante de uma Empresa"
Jack Welch

Talisman

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Compreenda porque dominios valem muito dinheiro

O  significado de  Domínio

Esta é uma questão que pode ser facilmente respondida.
Cada vez que você visita um site, existe um domínio onde ele está hospedado.  Cada internauta  acessa inúmeros domínios durante o dia.

No alto do seu navegador existe uma janelinha onde se pode escrever HTTP:// alguma coisa. Este “alguma coisa” é o endereço do site. Este endereço  é na verdade o domínio.
Na prática, o domínio possui um nome e uma sigla. O nome é, por exemplo,  “sitedamaria” e a sigla pode ser um .com  ou outras mil.

Hospedeiros de domínios:

Quando um usuário de computador escreve o que, informalmente, chamamos de endereço de um site, ele está, na verdade, digitando o domínio de uma empresa que oferece um serviço ou produto na internet. O domínio pode se referir, ainda, a uma entidade, página pessoal ou órgão público.

Cada registro é armazenado em um provedor. O provedor disponibiliza a distribuição daquele endereço para toda a rede.
É o provedor quem garante a banda de uso, a mobilidade e aspectos vitais para os primeiros passos da comunicação de um “domínio publicado”.
Lembrando que o nome pode ser seu, mas não estar ativo, este é um aspecto importante a considerar. O Google e outros buscadores de domínios só vão indexar, ou seja, só vão poder mostrar o seu site, depois que ele estiver devidamente hospedado e com conteúdo relevante e com as portas de comunicação devidamente estabelecidas.


Como posso saber se o meu domínio vale dinheiro
Pense em um nome que você goste.

Este nome pode se transformar em um domínio. É só encontrar uma sigla livre onde ele ainda não tenha sido registrado!

No entanto, observe, a sigla mais procurada também é objeto de desejo...e portanto, "vale mais".

Em termos mundiais, a sigla .com é a mais cobiçada. Todos os sites de todos os paises do mundo desejam usar ".com".

Neste sentido, considera-se que .com é uma sigla de domínio extremamente valorizada.

Mas, justamente por ser muito procurada, os nomes .com começam a ficar difíceis de serem registrados.  
Então, se você não encontrou a sigla .com “livre”, sua pesquisa vai ter de ir além.
As siglas tem valores diferenciados. Cada país tem uma certa quantidade de siglas e disto, os nomes são nelas alojados.

Alguns deles são muito regionais. Por exemplo:

.com.br é muito ruim para expor seu produto nos EUA...e .com.ar ou .com.au são bem difíceis de emplacar no Brasil (mas, se você quer vender na Argentina ou na Austrália, um domínio .com.ar ou .com.au pode ser uma ótima alternativa).

Há muitos "micos" na questão dos dominios, porque as pessoas confundem dominios regionais com domínios MUNDIAIS.

Voltando à questão da precificação, você precisa levar em conta a idéia da feira. 

Se em uma cidade os morangos são raros, e cobiçados, nesta cidade eles vão custar mais caro do que no local onde foram produzidos (estimando-se que lá sejam muito abundantes com a oferta maior do que a procura).

Este é o caso, por exemplo, dos domínios .pt  


Nossos amigos portugueses chegaram muito atrasados na abertura da venda de seus domínios. Neste caso, portanto, considerando o mercado de Portugal, os domínios não são (a nosso ver) dignos de um investimento mais substancial. Um domínio.com.br sempre vai valer muitas vezes mais do que um ".pt"., exceto se você deseje instalar uma empresa ou site dedicado exclusivamente a Portugal.


Mas existem excessões à regra.


A Colômbia fechou um acordo para o lançamento dos domínios ".co" em 2010.


Os domínios .co, devido a sua proximidade fonética com os .com, rapidamente se tornaram objeto de cobiça por muitos milhões de pessoas interessadas em uma alternativa acessível e "internacionalizada" para a hospedagem de seus sites.


Se muitas pessoas querem publicar o nome “sitedamaria” .com, o endereço ‘sitedamaria” passa a valer mais dinheiro.

Mas chega em momento em que o nome fica muito grande. Não há mais sitedamaria "natural", e a opção migra para coisas assim:

“sitedamariaaparecidadasilvadesantoantoniodaplatina”.com.
Quem vai desejar escrever um endereço deste tamanho quando dá para registrar o sitedamaria mudando de .com para .co ?  
Então, neste momento, o .com se desvaloriza, porque outro dominio oferece a possibilidade de você registrar um nome pequeno, com valor menor e maior facilidade comunicativa!

Nestes termos, os  domínios .co tem ganhado adeptos no mundo inteiro e são, talvez, a maior "coqueluche" de consumo de domínios desde a supervalorização dos .com.

A questão também envolve uma simples estratégia de marketing: "menos é mais".

Quanto menos letras você usar para expressar sua mensagem, mais poder agregado você terá na mensagem.


Em termos de internet, a época define tudo. O lançamento estratégico dos .co coincidiu com o "esgotamento" dos .com, e portanto, abriu caminho para novos investimentos. Outro argumento decisivo foi a ação do Google. Os garotos do Google investiram (off line, é claro) em ações deste projeto. E assim, no momento mais oportuno, "soltaram" a notícia de que os dominios ".co" seriam abertos no web searching mundial... e de repente, de poucos milhares, milhões de interessados compraram toneladas de nomes .co (incluso nós, aqui no Mestre dos Nomes).

O fato é que informação previlegiada tem seu valor agregado. Os .co tem atingido então entre 30 a 75% do valor  dos .com e estão configurados na classe dos "hot domains".


Muitas outras siglas podem ser citadas como fatores de investimento.


E muitas outras estarão nascendo em 2013 e nos anos que se sigam.


Nos próximos tempos o mercado mundial de domínios vai ser pulverizado com centenas de ofertas...e a maioria vão ser MICOS, grandes, enormes MICOS.


Una nova fase na merchandising está começando a se formar.


Clientes, investidores e admiradores da Apple, por exemplo, vão migrar para os novíssimos ".apple"... os adeptos do Google, vão optar por ".google" enquanto que a turma da pizza vai simplesmente comprar os .pizza disponíveis.

Mas, companhias menores também vão ofertar suas siglas, e teremos a possibilidade (segura) de que em algum ponto você vai poder comprar domínios por menos de 1 dollar a anuidade... só para criar "boom" em marcas específicas.

Tudo é marketing... a questão é saber onde a correnteza está fluindo!

A propósito,  temos um serviço de consultoria estratégica, para investidores sérios.


O caso mais grave desta nova questão será o previsível rebaixamento especulativo de  muitas siglas retardatárias, ou seja, daquelas que não abriram suas expansões no devido tempo. A turma que só investe porque "a palavra está livre", vai perder o trem. Ninguém vai comprar um domínio sem perspectivas de valorização real.


Desta forma, o que move o valor não são as tentativas de especulação, mas o real interesse das pessoas em terem seus sites mais bem expostos.

Quais os domínios mais valorizados, no Brasil e no Mundo:

Como relatamos, o .com está em 1º lugar.
Em seguida, podemos citar vários competidores, como os .co, .net, .org...
E regionalmente para o Brasil (não mundialmente!) os .com.br

Os buscadores estão se adaptando aos modelos.
Se você busca um domínio para substituir um .com, e deseja abrangência internacional, sua melhor opção recai sobre os .co ou .net 
Se  o seu foco está nos EUA, pode ainda buscar os .us, .me ou .biz, que vai obter uma exposição maior.

Dicas e +dicas para você acertar no dominio perfeito:
Na hora de selecionar o domínio que vai ser utilizado, é importante tomar nota de alguns procedimentos capazes de facilitar a divulgação do site. Na maioria das vezes, quem registra um domínio tem o objetivo de criar um site para ser bastante acessado. 
Em primeiro lugar, os domínios devem ser curtos e simples.
 
Dominios pequenos, em qualquer que seja a sigla, valem mais porque são mais fáceis de memorizar. Priorize dominios pequenos e com alto poder comunicativo.

COURO.CO
Por exemplo. É pequeno e concentra todo o poder deste produto em uma palavra. Inconfundível e ademais, a sigla “.co” dispara mais hits na fonética!

Note que não adianta ter um domínio curto e obter uma palavra confusa.
Siga a regra da publicidade mundial: menos é mais!

A seguir, pondere sobre a facilidade de compreensão. Seu domínio precisa passar a mensagem no nome dele.
Algumas pessoas acrescentam letras e números desconexos em domínios. Fatos assim criam dificuldades para a memorização e consequentemente, o valor decai.
Por vezes, a pessoa que cria acha facílimo o nome...mas quem recebe não tem a menor idéia. Tudo depende do público alvo do domínio.
Continuando, busque fazer  o seu domínio da Internet ser bastante sonoro. Desta forma, quem vier a ouvi-lo no rádio, por exemplo, não vai ficar na dúvida se escutou ‘lina’ ou ‘lima’. É importante pensar ainda em palavras que não tenham duplo sentido, nem que sejam iguais a outras que se escrevem diferentes. Se você deseja vender pedras preciosas e vai colocar o domínio “turmalina.com”, não facilite o erro achando que “turmalima.com” é melhor do que o original, em outra sigla, como” turmalina.net” por exemplo (ainda que isto possa ser útil em questão de estratégias de redirecionamento). Não favoreça a concorrência e nem perca seu tempo e dinheiro, saiba porque investir em domínios específicos.

Um segredo: estudos comprovam que os domínios com mais vogais do que consoantes tem mais chances de exposição. (vamos olhar...Google...Yahoo...AOL...UOL...)

Letras repetidas podem inibir tráfego...mas há excessões ("terra").
Palavras estrangeiras são úteis...no estrangeiro. No Brasil, use linguagem em português (nem em espanhol funciona).
Na prática, tudo depende do universo comunicativo de cada nome. Devemos levar em conta que empresas estrangeiras precisam de um estudo específico para determinar o posicionamento de seus hot sites nas linguagens próprias dos novos locais de atuação.
Nestes casos, se o caso se refere a uma empresa estrangeira, o nome da empresa não muda, mas a abordagem de sites em outras línguas pode ter conteúdo diferenciado para facilitar a penetração dos produtos e fazer juz à concorrência local, previamente estabelecida. Se a sua marca é "difícil" de ser lembrada em português do Brasil, você precisa de um trabalho de TRANSLITERAÇÃO COMERCIAL.


O Mestre dos Nomes oferece trabalhos de transliteração para empresas estrangeiras ou com nomes "difíceis".

Mas não é só isso, os domínios devem ser facilmente  digitados. Dúvidas na hora da digitação atrapalham o tráfego. Na dúvida, compre os domínios “errados” e faça uma nuvem de redirecionamentos.  Por mais que os sites de busca ajudem a encontrar o que se procura, muitos sites novos na Internet só irão aparecer após um primoroso investimento estratégico.

Um conselho para quem deseja sites brasileiros se refere à liberação dos acentos. A normativa .br já incorpora a possibilidade de se escrever domínios com ç e acentos. Este aspecto é útil em marketing dirigido.

Observe o resultado da pesquisa feita agora mesmo  com a palavra “Maçã”

Domínio maçã.com.br não está disponível para registro.
Motivo: Domínio não disponível para registro por ter participado de mais de 6 (seis) processos de liberação consecutivos.

Abaixo, algumas sugestões de domínios disponíveis.
Para registrar algum deles, basta clicar no nome do domínio
maçã.AGR.BR    maçã.ART.BR     maçã.BLOG.BR
maçã.ESP.BR     maçã.ETC.BR     maçã.FAR.BR
maçã.FLOG.BR  maçã.IMB.BR    maçã.IND.BR
maçã.INF.BR      maçã.REC.BR     maçã.SRV.BR
maçã.TMP.BR   maçã.TUR.BR    maçã.TV.BR
maçã.VLOG.BR maçã.WIKI.BR

triste dizer que se alguém quizer registrar "maca" ou "macas", ocupará o segmento mundial das maçãs...veja o absurdo desta questão! 


Para quem deseja um domínio internacional, portanto, deve evitar palavras que tenham acento ou que soem diferentemente ou ainda, com ç.
“Louça” não deve ser colocada como WWW.louca.com isto soa ridículo.

Há um dilema cultural neste setor... o melhor então é usar o bom senso. No entender do órgão de registro br, louca e louça são a mesma coisa...veja:

Domínio louça.com.br não está disponível para registro.
Motivo: Domínio já registrado sob sintaxe similar


Finalizando, uma dica muito importante se refere ao compromisso entre o domínio com o produto relatado. Quando o título faz juz ao que se escreve, isto auxilia as pessoas a se lembrarem com mais facilidade do site.

Quero buscar um nome para registrar:
Se você quer registrar um domínio brasileiro, com final “.br”, deve se dirigir ao registro BR.

Já se deseja comprar domínios internacionais, deve procurar os sites que os comercializam. 

Tenha atenção: a maior fraude da história foi cometida exatamente por um destes sites. 

O domínio sex.com é até agora um dos mais caros domínios negociados, com um valor de 13 milhões de dólares (quase 27 milhões de Reais). Agora pasme: o dono legítimo quis vender e disponibilizou o domínio em um site internacional de leilão de domínios...o site vendeu o domínio, e o transferiu ao novo dono. Mas, fechou as portas e fugiu com os milhões...

E não foi "no Brasil"... dinheiro atrai  ladrões em todas as partes do mundo.

Com o Mestre dos Nomes, as vendas são realizadas mediante contrato em cartório. Temos uma carteira de domínios seletivos e prestamos consultoria para novas aquisições. Solicite a lista atualizada de domínios e ofertas especiais!
 Desejando criar um nome e registrar no domínio mais valorizado para o nome criado, faça uma consulta ao Mestre. 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...